Os melhores livros de 2014: Paloma

15:00:00

SWHAB
Depois de um longo ano (o primeiro do blog), cheio de leituras boas, e escritores novos, finalmente 2014 se despede de nós, e por isso selecionei os meus livros preferidos deste ano e também os piores.
Pode ser que a lista não seja nenhuma surpresa pra quem acompanha o blog, mas vamos a ela.

SWHAB
Começo pelo livro que marcou este ano de muitas formas. Talvez não só o livro mas o escritor. Vocês já sabem, o primeiro da minha lista é "GO", do Nick Farewell. Não poderia deixar de ser,  já que esse livro me marcou de uma forma tão pessoal, e renovou minha vontade de fazer o que eu sonho, e o que eu realmente desejo e claro de ir sempre em frente. E o fato de ter encontrado "GO" e ele ter me marcado tanto e ter me trazido outras coisas boas, como a leitura dos outros livros do Nick e ainda a possibilidade de conhecer o escritor na Bienal do Livro de São Paulo, que foi incrível.
 
É por isso que "GO" fica no topo da lista, porque é um livro divisor de águas, porque me apresentou a um escritor que trás palavras que muitas vezes são o que eu preciso ler, que é genial em seus escritos e que me deu uma esperança que sempre se renova ao ler este livro.

Search by images
Segundo da minha lista, não menos importante é o do Marcelo Rubens Paiva, o clássico "Feliz Ano Velho".Como eu havia dito nos favoritos, era pra eu ter lido este livro lá nos tempos de ensino médio, mas por providência do acaso resolvi ler este ano e a surpresa não poderia ser melhor.

É difícil explicar o quão importante esse livro foi pra mim por ter um cunho pessoal mas, vou tentar. Esse livro veio num momento em que eu estava começando a me conscientizar bastante da minha posição na sociedade como deficiente física. Estava num processo de transição, de entendimento de direitos e então veio esse livro do Marcelo, que trás muita sinceridade ao contar suas histórias, peripécias e principalmente a sua transição. Como Marcelo vai descobrindo as coisas na sua situação de tetraplégico, se adaptando, ajeitando sua vida, e assim dando várias lições a quem lê. Acho que o melhor desse livro é com certeza a sinceridade dele. Tudo é tratado com o tom irônico e humorado, e as dores e merdas que acontecem não são camufladas.


Search by images
Terceiro livro, mais uma escolha óbvia é o livro da Jojo Moyes, "Como eu era antes de você". Já falei tanto desse livro este ano, e não me canso de falar. É um livro marcante, emocionante, com personagens fortes e inesquecíveis.  A história de Louis e Will e o modo como um marca e modifica a vida do outro, além de me fazer chorar horrores me ensinou grandes lições. Fiquei apaixonada por esse livro, e até hoje fico dizendo pras pessoas lerem. Com certeza um favorito do ano e da vida. ♥

Search by images
Quarto e último livro, não tão óbvio é o livro da Colleen Houck, "A maldição do tigre" o primeiro livro da saga. Apesar da minha relação de amor e ódio com ele, o primeiro livro foi um favorito do ano por me introduzir a uma leitura mais "fantasiosa", ao qual eu não estou acostumada.

Esse livro me trouxe mitologias, príncipes amaldiçoados e cobras falantes, e admito nem tudo foi fácil de ser digerido de cara, mas é impossível não se apaixonar por Ren, e seu romantismo nato. Apesar dos meus problemas com a protagonista Kelsey, creio que no primeiro livro ela tenha sido menos insuportável que nos outros, o que fez com que esse fosse meu favorito da saga e do ano. Além  dos pesares este livro me introduziu um pouco mais ao mundo da aventura, e eu devia este lugarzinho a ele.

Esses foram meus favoritos do ano, espero que ano que vem eu consiga gostar de mais livros e que vocês tenham gostado. Obrigada por acompanhar a gente este ano e boas festas! :)

You Might Also Like

0 comentários

Converse com a gente ♥

recent posts