Sure, resenha: Vinte Garotos no Verão de Sarah Ockler

15:00:00

SWHAB
Anna é vizinha da Frankie e do Matt que são irmão, os três cresceram juntos sendo amigos sempre.

Anna é secretamente apaixonada por Matt há muito tempo, até que em seu último aniversário seu desejo se realizou: Matt finalmente a beija e os dois começam a ficar as escondidas e o caso deles permanece em segredo.

Isso, foi o que aconteceu antes do acidente de carro que matou Matt, e é depois de nos contar um pouco dessa triste história, que o livro narrado por Anna, nossa personagem principal começa.



Após ter se passado um ano do acidente, os  pais de Frankie resolvem fazer sua viagem anual para a Califórnia e decidem levar Anna junto. Apesar das coisas estarem uma bagunça, com Anna que ainda não contou a Frankie sobre ter ficado com irmão dela, e Frankie ter mudado completamente depois da morte do irmão, Anna resolve ir na viagem.


Frankie bola um grande plano para elas, o que chama de “Melhor verão de todos os tempos”, elas terão vinte dias para conhecer vinte garotos e com isso Frankie quer que Anna perca sua virgindade. Apesar de Anna não gostar nada da ideia ela aceita o plano, afinal Anna faz de tudo para ver a amiga feliz.



Então temos Anna, que ainda é apaixonada por Matt, que está morto. Ela escreve cartas em seu diário para ele, relembra mil vezes seus melhores momentos com ele e se culpa por não ter contado a Frankie sobre ter ficado com ele.


Ela não quer esquecer Matt e tem medo de deixar as lembranças sumirem, por isso tem medo de se entregar a outra pessoa.  A menina claramente ainda não está recuperada da dor que foi perdê-lo, assim como Frankie que se tornou outra pessoa ao perder o irmão.



Perda, amor, amizade, aceitação e recomeço são os temas claros desse livro que até podiam dar numa boa coisa, mas que no final é bem fraco.



Entendo que Anna ainda não aceitou completamente a morte de Matt, mas a repetição dos momentos que eles tiveram juntos,  todos muito parecidos, me incomodou muito.  

O livro só fica melhor nas ultimas setenta paginas, é uma leitura rápida e até comovente em alguns pontos. Num geral é um livro bem sem sal, mas, talvez o público mais juvenil possa gostar dele pois, o cenário é bem adolescente.



"Vinte Garotos no Verão" é a minha primeira decepção do ano e eu sinceramente não espero ter outra.


You Might Also Like

0 comentários

Converse com a gente ♥

recent posts