Sure, resenha: Jogos Vorazes de Suzanne Collins

15:00:00

SWHAB
Ouço um coro de 'aleluias', pois sim finalmente li o tão aclamado "Jogos Vorazes"! Depois de milhares de pessoas e outras mais já terem dito um milhão de coisas sobre este livro cá estou eu, ligeiramente atrasada pra comentar pra vocês sobre ele. Então vamos a resenha!
A história vocês já sabem: A América do Norte não existe mais, agora ela se resume a uma nação chamada de Panem. Divida em 12 distritos e comandada ditatorialmente pela Capital, que para mostrar quem é que manda todo ano organiza todo ano os Jogos Vorazes, uma competição transmitida pela TV onde uma garota e um garoto de cada distrito são colocados em uma arena e obrigados a lutar até a morte.

Narrado por Katniss a história começa de forma dramática, logo de cara somos apresentados as dificuldades de seu distrito e essa famosa colheita onde escolhem quem vai para os Jogos Vorazes. Desafiando as probabilidades Prim, a irmã de Katniss de doze anos é sorteada e Katniss se voluntaria para assumir o lugar da irmã nos jogos.

Apesar de ter assistido todos os filmes lançados da saga, não criei nenhuma expectativa sobre o livro, o que foi bom pois me surpreendi com várias coisas.

A escrita é fácil e o fato de ter muitos acontecimentos faz com que a leitura flua rapidamente e que você não queira largar o livro. E também, o fato de ser muito bem ambientado te faz ficar cada vez mais preso na narrativa.

Apesar de ser juvenil não é um livro bobo como muitos por aí, consegui encontrar muitas críticas sociais nele, o que é legal por que supõe que o público mais jovem leia e aprenda mais com isso.

Confesso que o mais gostei no livro é que Katniss é uma personagem forte, em vários sentidos. Estava cansada de encontrar por ai livros em que a personagem principal é insegura e fica com um mimimi eterno e Katniss não é nada 'mimizenta'. Ela teve que amadurecer cedo, para ajudar a mãe na comida depois da morte do pai. A responsabilidade que ela assumiu e a caça deram a personagem força.

No livro o romance aparentemente não é o foco, apesar da trama com o melhor amigo Gale, e depois todas as situações com Peeta percebe-se que só no final do livro que o romance ganha mais força, o que dá dica de que podemos encontrar mais disso no próximo livro (ou não rs).

Com muita ação e sua fluidez "Jogos Vorazes" conseguiu me conquistar e logo logo voltarei aqui com a resenha de "Em Chamas"! Até mais.

You Might Also Like

0 comentários

Converse com a gente ♥

recent posts