Sure, resenha: O Lado Bom da Vida de Matthew Quick

15:00:00

SWHAB
Pat Peoples acaba de sair de um hospital psiquiátrico que ele gosta de chamar de "lugar ruim", por cujo tempo e motivos que ele mesmo desconhece. Pat tem uma única coisa em mente: ser um homem melhor para sua esposa, Nick. Os dois estão um tempo separados, e ele também não sabe porquê, mas imagina que tenha sido por ele não ser um bom marido. É para Nick que ele está escrevendo um diário, e é também por meio dele que vamos conhecendo a história de Pat.
Ingênuo e fragilizado, Pat sai do "lugar ruim", e vai para a casa de seus pais. Lá sua mãe é quem lhe ajuda na recuperação, e com ajuda de seu novo terapeuta. Já o pai, vive trancado no escritório e se recusa a falar com ele.

A maior ocupação de Pat, é tentar se tornar o homem que Nick queria que ele fosse antes do tempo separados. Logo ele faz muitos exercícios físicos, lê muitos livros dos quais Nick falava, e tenta ser gentil.

No meio disso, por meio de Ronnie, um velho amigo, ele conhece Tiffany. Que é irmã da esposa de Ronnie, e é ela quem muda de certa forma a rotina de Pat.

Um ponto negativo do livro talvez seja exatamente esse: A rotina repetitiva de Pat. O irmão, o pai e seu amigo Ronnie são fascinados por esportes, e muitas vezes podemos encontrar descrições de Pat assistindo os jogos, e essa é uma parte que me deixou um pouco entediada.

Tiffany é uma das poucas personagens nesse livro de quem eu realmente gostei. Ela é muito stalker, bem mais do que eu esperava que fosse, mas sua loucura dá certa graça a narrativa.
    
Num todo, admito que fui surpreendida. Apesar de ter assistido o filme antes de ler o livro, (devo avisar: os dois são muito diferentes), e saber de antecipado algumas coisas, isso não afetou a leitura. E eu até tinha um pé atrás com esse livro, mas vou dar o braço a torcer: Matthew Quick tem uma escrita promissora. Não há muitos acontecimentos na narrativa de Pat, mas ainda assim ele consegue prender o leitor.
Não é um livro que acrescenta muito, mas é uma boa leitura.



You Might Also Like

1 comentários

  1. Primeiro de tudo blogue muito bom, é um amor proposta muito sensata. A história eu achei muito bom, bem executar um script, engraçado e inteligente. Abotoaduras entre Jennifer Lawrence e Bradley Cooper me espanta, posso dizer que é um dos melhores filmes drama Cooper. Atuações ótimas até mesmo dos coadjuvantes Robert De Niro e Jacki Weaver estão ótimos. Uma ótima historia, madura, diferente de todas essas comedias dramáticas/românticas. Vale muito apena acompanhar.

    ResponderExcluir

Converse com a gente ♥

recent posts