Sure, resenha: Quando Saturno voltar de Laura Conrado

15:00:00

SWHAB
Literalmente mal acabei de livro "Quando Saturno voltar" da fofa Laura Conrado e já estou aqui o resenhando, de tão bom que o bichinho é. Então vamos começar essa resenha porque tenho muita coisa pra contar.
Na história Déborah Zolini, mais conhecida como Dedé, é assessora de imprensa de um time de futebol da série B (fictício) em Belo Horizonte. Ela namora há quatro anos com o futuro médico, Sérgio. Tudo vai como os conformes até que em uma viagem ao Chile por causa do emprego, Dedé é surpreendida por uma simpática cigana que diz que "a volta de Saturno trará fortes emoções". 

Essa tal de "a volta de Saturno" acontece quando nascemos e em meados dos 28, 29 anos, que é o tempo necessário para o planeta voltar a posição em que estava quando nascemos. Dedé sempre acreditou na força das estrelas, nas promessas e pedidos aos cosmos, então quando a cigana Saphira lê sua mão Déborah fica pensando e repensado no que isso pode significar. Achei que ela ficou bem tranquila com relação à previsão de Saphira, se fosse eu já tinha pirado na batatinha e teria jogado tudo pelos ares no mesmo segundo.

Na volta pra BH, Déde conhece o moreno gostoso Henrique, que muda todo o ritmo da história. O gostosão mexe com a cabeça e o coração da nossa mocinha mineira. E é a partir daí que a história engrena e você não consegue mais largar o livro. Tanto que li em três dias, mas arrastando para que não terminasse.

Acomodada no emprego razoável e no relacionamento morno, Déde enfrenta realmente fortes emoções, com lágrimas, risos e alegria. E com isso vamos entrando mais e mais na vida da personagem, que tem um passado um pouco problemático com a família e quando nos damos conta já estamos presos na história e torcendo por ela.

O livro é Young Adult (YA), mas como a personagem principal está na casa dos 28, 30 anos é mais maduro, o que me lembra de "Anexos" e dos livros da Marian Keys, onde as personagens femininas estão infelizes em suas vidas, com baixa autoestima e problemas familiares.

Por isso acho que gostei bastante, por não ser mais um clichê do gênero YA, claro que os conflitos amorosos são o carro chefe, mas não tem enrolação, cara galã e mocinha feia que se apaixonam e vivem felizes para sempre. "Quando Saturno voltar" tem mais pano na manga que isso.

Déde acredita nas estrelas, acredita na cigana, e acho que tudo que ela precisava mesmo era uma pessoa de fora para dar um empurrão, que a faria correr atrás dos seus sonhos. Passar a acreditar em si, no seu potencial e se amar. Que mulher na vida não passou por isso? E se não passou, pode esperar que vai passar.

A fé que Déde tem é admirável, mas mesmo pedindo para as estrelas ela vai atrás do que quer, joga tudo pro alto e se arrisca. É muita coragem! E eu gostei disso, te faz querer sair da zona de conforto, de ir atrás dos nossos sonhos... Acho que essa é a maior "lição" do livro.

Super recomendo, se você tem 16, 18, 22, 30, 55... não importa, todas as meninas e mulheres podem e me atrevo a dizer DEVEM ler. A leitura é fácil e gostosa, Laura soube muito bem criar cada cenário e personagem. Tudo bem construído e sem enrolação.


.

You Might Also Like

0 comentários

Converse com a gente ♥

recent posts