Sure, resenha: Não Sou Uma Dessas de Lena Dunham

15:00:00

Search by image
Criadora e roteirista da série "Girls", Lena Dunham aos 29 anos colocou no mundo seu livro "Não Sou Uma Dessas", que seria sua primeira biografia. Há quem possa pensar que aos 29 anos Lena não teria nada pra contar, mas pelo contrário tem e é muito.
Na biografia Lena nos conta tudo. Infância, adolescência e vida adulta. Escola, faculdade, trabalho e terapia. Experiências amorosas, experiências frustradas e experiências produtivas. Acompanhamos a garotinha com seus medos e neuroses, e uma mulher engajada que questiona o culto à beleza.

Ela vive muitas coisas e situações nada convencionais, seja com parceiros sexuais, namorados ou amigas, e nos conta tudo sem filtro nenhum e com sinceridade.
De fato não é um história com a qual dá pra se identificar facilmente, afinal Lena tem uma vida bem peculiar e vive tantas situações loucas, das quais achava impossível de acontecerem. Mas dá pra se encontrar em sentimentos que todos nós com certeza já tivemos. Afinal, apesar de peculiar ela também teve muitas inseguranças na vida, como qualquer um.

Aprendi muitas coisas com sua história, e adquiri muitas percepções que antes haviam passado despercebidas ao trombar com o trabalho dela. Uma parte em específico onde Lena nos conta sobre como não suportava o sexo da televisão e do cinema, que antes haviam a feito acreditar que sexo era um acontecimento submisso e iluminado. O fato dela discordar de como o sexo é mostrado com beleza e perfeição na TV, me fez prestar atenção em sua série, e ver que esse fato a fez mostrar o sexo como ele realmente é em "Girls". O que me fez pensar que seu trabalho tem muito mais a dizer do que parece.

O livro tem realmente a sua voz. Logo no início da leitura eu já me sentia familiarizada com a narrativa, talvez por ter assistido todas as temporadas de "Girls". O tom que ela dá ao livro é o mesmo do começo ao fim.


SWHAB
Um ponto que também não deve passar despercebido é a edição do livro, que foi ilustrado por Joana Avillez, que fez ilustrações lindíssimas para o livro e o deixou super fofo.

Gostei muito de conhecer mais sobre a vida de Lena, seus medos e convicções, e passei a admirá-la mais, por esse talento de transformar tudo o que vive em material para seu trabalho.

You Might Also Like

0 comentários

Converse com a gente ♥

recent posts